O livro de Salmos contém algumas das mais ricas expressões de louvor já escritas. A sua leitura nos impressiona com a profunda espiritualidade do louvor. Temos o privilégio, através dos salmos, de conhecer melhor os corações de homens que realmente exultavam na presença de Deus. “Aleluia! Louvai o nome do Senhor; louvai-o, servos do Senhor” (Salmos 135:1).

A diversidade dos salmos traz uma riqueza especial à sua qualidade como exemplos de adoração. Eles tratam de toda espécie de experiência humana. Falam de vitória e alegria, e de medo e perseguição. Refletem as emoções de homens espirituais gozando comunhão com o Criador, e de pecadores sentindo falta dele. Pedem bênçãos sobre os justos e punição dos ímpios.

O Livro dos Salmos é um dos livros mais citados pelos escritores do Novo Testamento – inclusive pelo próprio Senhor Jesus Cristo. Este é o livro de hinos e de louvores da Bíblia. Reflete sobre os incidentes que podem ocorrer na vida e, contém bons conselhos, indicando o caminho para a verdadeira felicidade.

 

Os Salmos divididos por assunto:

O Homem:
Sua Exaltação Salmo 8 
Sua condição de pecador Salmo 10 
Salmo 14 
Salmo 36 
Salmo 55 
Salmo 59 
O mundano e o ímpio:
Em contraste com o piedoso Salmo 1 
Salmo 4 
Salmo 5 
A demora de seu castigo Salmo 10 
Sua prosperidade Salmo 37 
Salmo 73 
Seu destino Salmo 9 
Salmos 11 
A confiança nas riquezas Salmos 49 
Experiências espirituais:
O arrependimento Salmo 25 
Salmo 38 
Salmos 51 
Salmos 130 
O perdão  Salmo 32 
A conversão  Salmos 40 
A consagração  Salmo 116 
A Confiança Salmo 3 
Salmos 16 
Salmo 20 
Salmo 23 
Salmo 27 
Salmos 31 
Salmos 34 
Salmos 42 
Salmo 61 
Salmo 62 
Salmos 91 
Salmos 121 
A capacidade de ser ensinado Salmo 25 
A aspiração Salmos 42
Salmo 63
Salmos 143
A oração Salmo 55
Salmo 70
Salmo 77
Salmo 85
Salmo 86
Salmo 142
Salmo 143
O louvor Salmo 96
Salmo 98
Salmo 100
Salmo 103
Salmo 107
Salmo 136
Salmo 145
Salmo 148
Salmo 149
Salmo 150
A adoração Salmo 43
Salmo 84
Salmo 100
Salmo 122
Salmo 132
A aflição Salmo 6
Salmo 13
Salmo 22
Salmo 69
Salmo 88
Salmo 102
A velhice Salmo 71
A viga fugaz Salmo 39
Salmo 49
Salmo 90
O lar Salmo 127
A nostalgia Salmo 137
A Igreja (Simbolizada):
Sua segurança Salmo 46
Sua glória Salmo 48
Salmo 37
O amor para com ela Salmo 84
Salmo 122
A unidade nela Salmo 133
A Palavra de Deus Salmo 19
Salmo 119
Missionários Salmo 67
Salmo 72
Salmo 96
Salmo 98
O dever dos governantes Salmo 82
Salmo 101
Atributos Divinos:
Sabedoria, majestade e poder Salmo 18
Salmo 19
Salmo 29
Salmo 62
Salmo 66
Salmo 89
Salmo 93
Salmo 97
Salmo 99
Salmo 118
Salmo 147
Conhecimento infinito Salmo 139

Poder criativo

Salmo 33
Salmo 89
Salmo 104
As experiências de Israel:
Incredulidade Salmo 78

Sua desolação e aflição

Salmo 79
Salmo 80
Sua reincidência Salmo 81
A providência divina Salmo 105
Salmo 106
Salmo 114

Artigos Relacionados

Graça maravilhosa, terça-feira
Porque a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão. . . . . . . .... Porque a tua benignidade é...
Joio no meio do trigo, terça-feira
O Salmos 1 começa dizendo: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios”. . . . . . . .......
Sobre a veneração de Maria
Apesar de a teologia católica tentar traçar uma linha entre a adoração que se dá a Deus e a que se oferece a Maria, John Ankerberg e John Weldon...
Quem Ama Encontra Tempo Quem Ama Encontra Tempo
Os meus olhos anteciparam  as vigílias da noite, para meditar na tua palavra. (Salmos 119:148) Um grande amigo meu, diz, em uma de suas canções...

Envie suas perguntas