A igreja é extraordinária. Ela é indestrutível. Ela está totalmente protegida pelo Senhor. Contudo é fundamental compreender que neste mundo, nós passamos por aflições (João 16:33). Ser igreja não é ficar livre das dificuldades. Ser igreja é seguir o caminho trilhado pelo Senhor da igreja (Lucas 9:24). É tomar a cruz e seguir em frente sabendo que a morte não é o fim, pois o caminho trilhado pelo Senhor foi o da vitória sobre a morte e a igreja também vencerá a morte e seguirá o Senhor até à presença do Pai (Apocalipse 11:11-12). A igreja é indestrutível, pois pertence ao Senhor, foi resgatada através do precioso sangue de Jesus. 

A igreja portanto, deve seguir o exemplo do Senhor. O propósito da igreja é glorificar a Deus. Devemos compreender que glorificar a Deus significa estar envolvido e comprometido com os seus caminhos, em vez de estarmos preocupados com os nossos próprios caminhos. É estar completamente comprometido com Ele, a tal ponto que queremos sempre mais.Entretanto, é preciso cuidado,pois a "gratificação instantânea está substituindo depressa os alvos eternos. O plano que Deus estabeleceu para a igreja está sendo eclipsado por uma variedade de atividades inventadas pelo homem." O nosso dever como igreja é seguir o plano do Mestre e não criar um ativismo que acaba por secar e minar a obra gloriosa do Senhor.

A igreja deve entender que vive os últimos dias.
A igreja que vive nos últimos dias glorifica o Senhor sendo aquilo que devemos ser e fazer aquilo que devemos fazer.

A igreja que glorifica o Senhor segue para o mundo e proclama a graça de Deus. Segue enfrentado dores, dificuldades, mas segue na certeza da vitória sabendo que por amor do Senhor somos considerados como ovelhas para o matadouro (Romanos 8:36). Mas é no mundo, que exercemos o ministério que o Senhor nos concedeu. É este o lugar que Ele escolheu para estarmos e sermos bênção.

A igreja que glorifica o Senhor além de proclamar a graça, ensina todos os desígnios do Senhor. A proclamação visa a conversão, mas depois desta, há o ensino.

Sendo assim, a igreja que segue os passos do seu senhor investe tempo no ensino. O Senhor passou três anos a ensinar e preparar os seus discípulos. A igreja precisa passar tempo com as pessoas. Deve investir muito em pessoas e menos em estruturas.

A igreja que glorifica o Senhor valoriza os relacionamentos. Ela vive em comunhão. As pessoas se preocupam uma com as outras. Há amor autêntico e sincero. Valorizar os relacionamentos é procurar cada dia viver a realidade de que a igreja é uma família e nada nem ninguém a poderá destruir.

A igreja é extraordinária. Não há nada como a igreja local, quando ela funciona corretamente. Sua beleza é indescritível.Seu poder é assombroso.Seu potencial é ilimitado.Ela conforta o pesar e cura o que é rompido no contexto da comunidade. Ela constrói pontes para os que buscam e oferece verdade aos que estão confusos.

Ela traz recursos aos que têm necessidade e abre os seus braços para os esquecidos,humilhados e desiludidos. Ela quebra as cadeias do vício, liberta os oprimidos e oferece integração. Por maior que seja o sofrimento humano,a igreja terá capacidade ainda maior de curar e de unir. Isto acontece porque o Senhor age através da igreja.

A igreja é única. Nada neste mundo se compara com ela. Ela é lugar de acolhimento e de ensino. É lugar onde a graça se manifesta. Sendo assim, como igreja do Senhor, vivamos o nosso dia-a-dia na certeza de que fazemos parte da família do Senhor e estamos ligados uns aos outros.

Vídeo: O que é igreja?

Graça Maior - Desconhecido, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/mensagens/198-o-papel-da-igreja.html. Acesso em 26 Junho 2017.