Quando Daniel soube que o edital estava assinado, entrou em sua casa, no seu quarto em cima, onde estavam abertas as janelas que davam para o lado de Jerusalém; e três vezes no dia se punha de joelhos e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer." Daniel 6:10

Daniel era um homem de princípios. Não norteava a vida pelas vantagens que pudesse receber, mas pela integridade de sua fé, de seu caráter, de sua palavra. Quando o decreto imperial determinou que somente o rei deveria ser adorado e invocado para orações, ele continuou o que sempre fazia, isto é, adorando ao único Deus verdadeiro. Ele sabia do custo, mas continuou firme em seu propósito, porque não agia por força das circunstâncias, mas por valores impregnados em seu caráter.

Princípios se aprendem de criança. Se os pais soubessem realmente o valor de um exemplo, de uma orientação, de uma disciplina e de uma atitude moral, teríamos adultos diferentes, muito mais dignos e parecidos com Daniel. Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." (Provérbios 22:6). Educar é mais que mandar; é fazer: "E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos." (Tiago 1:22) ou Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei?" (Romanos 2:23)

Mas até para o ímpio, que não tem nem princípios dignos nem valores divinos em seu caráter e em sua história pessoal, têm a oportunidade de mudar, e mudar para melhor. Diz a Bíblia: E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne". (Ezequiel 36:26). Deus pode mudar e transformar a consciência pervertida, tornando-a limpa e apta para aceitar os valores da Palavra de Deus:

"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (2 Coríntiios 5:17). A isto chamamos CONVERSÃO, e Deus está pronto a converter aqueles que não possuem valores bíblicos ou direitos, mas seguem o fluxo, seguem a onda, seguem a multidão. Ledo engano! A moda acaba, e a vida continua! "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;" (Mateus 7:13)

Daniel foi julgado pela atitude, foi condenado à cova dos leões, e, no caso dele, para testemunho e edificação nossa, foi libertado, como bem conhecemos a história. Mas, mesmo que não tivesse sido, ele teria continuado fiel, porque não era regido pelos lucros de seu comportamento, mas pela obediência ao Senhor seu Deus. Seus amigos, em outra ocasião, quando jogados na fornalha ardente, disseram: "E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantas-te." (Daniel 3:18)

Sejamos gente de princípios, gente de valor.

Sigamos o exemplo de Daniel, e enchamos a vida com a prática dos ensinos do Senhor! "Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e ta encherei." (Salmos 81:10). Que abramos a boca, a mente, o coração, os sentimentos, às coisas do Senhor. 

Graça Maior - Desconhecido, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/mensagens/190-principios.html. Acesso em 28 Julho 2017.