A Bíblia responde que estas práticas têm ligação com os mortos (Eclesiastes 9:4-5; 2 Samuel 12:22-23; Lucas 16:19-31; Levíticos 20:6-27; 1 Crônicas 10:13; 2 Crônicas 33:6; Isaías 2:6; Isaías 8:19-20; Deuteronômio 18:9-12). A missa de sétimo-dia é herdada de crenças pagãs. Acreditava-se que a alma faria uma longa jornada, precisando, assim, de ajuda extra para a viagem: Após a morte não há mais chance de arrependimento (Lucas 13:3).

Artigos Relacionados

A Santa Missa da Igreja Católica Romana A Santa Missa da Igreja Católica Romana
A assim chamada "Igreja Católica Romana" insiste em que a "comunhão" não é apenas um sacramento que confere graça ao comungante, mas também...
Dia de Finados Dia de Finados
O Dia dos fiéis defuntos, Dia dos mortos ou Dia de finados é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de Novembro, logo a seguir ao dia de Todos-os-...
Como o sábado se tornou uma doutrina Adventista? Como o sábado se tornou uma doutrina Adventista?
Quem primeiro guardou o Sábado depois da Reforma Protestante?  Adventistas ou Batistas do Sétimo Dia? Muitos ficariam surpresos ao descobrirem que...
Sobre a missa
A missa foi instituída em 394 d.C. no lugar do culto cristão. A sua finalidade é a repetição do sacrifício de Jesus na cruz, de modo incruento (...

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/ibsd-x-catolica/123-respostas-biblicas-para-o-catolicismo/crencas-catolicas/697-extrema-uncao-missa-de-setimo-dia-e-dia-de-finados.html. Acesso em 19 Novembro 2017.