Paulo era um devoto à tradição dos antigos como muitos católicos que guardam com sinceridade a tradição dos parentes, seguindo novenas, procissão, o batismo e crisma. Paulo também era pagador de votos (promessas) e desde a infância guardava os mandamentos. Mas, ele diz em Atos dos Apóstolos 22 e 23 que estas práticas de nada valeram para salvá-lo. Foi preciso encontrar-se com o Salvador.

A Bíblia responde:

“Pela lei ninguém será justificado diante de Deus.” - Gálatas 3:10-11
“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não de obras, para que ninguém se glorie.” - Efésios 2:8-9
“Eu não me envergonho do Evangelho, pois ele é a força salvadora de Deus para todo aquele que crê” - Romanos 1:16-CNBB

 Somos salvos para praticar boas obras, mas não fomos salvos porque praticamos boas obras. Só Jesus salva.

Artigos Relacionados

Jesus: O Centro das Promessas do Antigo Testamento Jesus: O Centro das Promessas do Antigo Testamento
Jesus Cristo é o cumprimento das promessas e profecias do Antigo Testamento. Ele é a semente...
Jesus e o Yom Kippur Jesus e o Yom Kippur
Milhões de judeus em todo o mundo celebram anualmente o "Yom Kippur" (o "Dia da Expiação"). Essa...
Em que hora Jesus foi crucificado? Em que hora Jesus foi crucificado?
Uma alegação feita pelos críticos da Bíblia é a diferença que existe entre Marcos e João ao...
Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor” Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor”
Há muitos detalhes interessantes que chamam a atenção quando uma leitura comparativa entre os quatro...

Envie suas perguntas