Em dias santos e em festas, a imagem do santo é colocada no andor e venerada como guia à frente da procissão. Quiseram fazer o mesmo com Paulo, por causa dos milagres realizados através dele. A Bíblia responde mostrando que, na verdade, Paulo não aceitou. Ao contrário, indignado com tal atitude, severamente os proibiu, dizendo:

“Gente, que estais fazendo? Nós também somos homens mortais como vós, vos estamos anunciando a Boa-Nova. Abandonai esses ídolos inúteis, para vos converterdes ao Deus vivo.” (Atos dos Apóstolos 14:15).

Artigos Relacionados

Sobre o caso de fotografias e figuras dos santos
Muitos católicos relacionam a imagem do santo ao uso da fotografia de um ente querido que já morreu ou à estátua de alguém que teve uma vida...
Sobre o uso de fitinhas de padroeiros
Essas crendices vêm do animismo e de ritualismos de feitiçarias, onde se acredita que há objetos que têm mana, energia comunicada por espíritos....
Sobre a hóstia
Para eles a hóstia se transforma no corpo de Cristo. Acaso, o Deus vivo poderia se tornar coisa inanimada para ser ingerida? Isso é um absurdo!...
Sobre a perseguição da Igreja Católica aos que defendia ser a Bíblia o único fundamento da fé
Thomas à Kempis, respeitado pelos católicos e autor de A Imitação de Cristo, diz: “deve-se buscar a verdade na Escritura Sagrada”. Veja...

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/ibsd-x-catolica/119-respostas-biblicas-para-o-catolicismo/santos-e-padroeiros/644-devocao.html. Acesso em 16 Janeiro 2018.