A Bíblia responde que Maria foi tratada por Jesus como uma mulher normal e não como a mãe da Igreja. Jesus chamou-a de mulher (João 2:4) como fez com a samaritana (João 4:21) e com a cananéia (Mateus 15:28). A Bíblia de Jerusalém, católica, diz que a frase: “Mulher, que tenho eu contigo?”,  dirigida por Jesus a Maria nas bodas de Caná, foi dita “para mostrar que não desejava relacionamento algum com ela” naquela hora, e não para atender uma mediação. Por que ela tem tal honra e João Batista não, se ele foi, para Jesus, o maior entre os nascidos de mulher? (Mateus 11:11)

Artigos Relacionados

Karl Barth sobre o Batismo Karl Barth sobre o Batismo
A palavra grega ‘baptizein’ e o termo alemão ‘taufen’ (de ‘Tiefe’), originalmente e com propriedade...
Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal
1) ANO DO NASCIMENTO? Jesus não nasceu no ano zero (até porque não existe esse ano; 1 a.C. passa...
Jesus e o Yom Kippur Jesus e o Yom Kippur
Milhões de judeus em todo o mundo celebram anualmente o "Yom Kippur" (o "Dia da Expiação"). Essa...
Em que hora Jesus foi crucificado? Em que hora Jesus foi crucificado?
Uma alegação feita pelos críticos da Bíblia é a diferença que existe entre Marcos e João ao...

Envie suas perguntas