No Compêndio do Vaticano II, lê-se o seguinte: "Não é através da Escritura apenas que a Igreja deriva sua certeza a respeito de tudo que foi revelado. Por isso ambas (Escritura e Tradição) devem ser aceitas e veneradas com igual sentido de piedade e reverência" (p.127). No 3º Catecismo (p. 152 a p. 154), lemos que a "tradição é a palavra de Deus, mas comunicada de viva voz por Jesus Cristo e pelos seus apóstolos e transmitida inalterada de século em século até nós... à tradição deve dar-se o valor que se da à Palavra de Deus revelada, contida nas Sagradas Escrituras". Este ensino anula a suficiência da Bíblia como a Palavra de Deus.

A própria Bíblia responde:

"À Lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva." Isaías 8:20
"Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para redarguir , para corrigir e para instruir em justiça." 2 Timóteo 3:16
"A Escritura não pode falhar." João 10:35

Artigos Relacionados

Como Estudar a Sua Bíblia Como Estudar a Sua Bíblia
O Salmo 119 trata da importância de estudar a Bíblia que é a Palavra de Deus. Ao estudá-la,...
Como Tirar o Máximo da sua Leitura Bíblica Como Tirar o Máximo da sua Leitura Bíblica
Estudar as Escrituras é um anseio comum entre os cristãos. No entanto, muita gente não sabe por onde...
Karl Barth sobre o Batismo Karl Barth sobre o Batismo
A palavra grega ‘baptizein’ e o termo alemão ‘taufen’ (de ‘Tiefe’), originalmente e com propriedade...
Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal
1) ANO DO NASCIMENTO? Jesus não nasceu no ano zero (até porque não existe esse ano; 1 a.C. passa...