Igreja Católica Apostólica Romana

O Novo Testamento sempre apresenta a fé em Jesus Cristo e o arrependimento de pecados como condições necessárias para a ordenança do batismo. Além disso, as evidências bíblicas, históricas e arqueológicas demonstram que a imersão (ao invés da aspersão ou efusão) foi a forma de batismo praticada na igreja por muitos séculos (veja os seguintes artigos: Por que não batizar crianças?, Declaração de Fé: O Batismo e O Batismo Cristão: Aspersão, Efusão ou Imersão?). Por essas e outras razões, os Batistas (incluindo os Batistas do Sétimo Dia) e outras denominações não praticam o batismo de bebês.

Por que Olavo de Carvalho não é evangélico?

Encontro uma lucidez nos escritos de Olavo de Carvalho, quando o mesmo trata sobre Política e Economia, que não percebo quando ele se atreve a tocar em temas da Teologia. Em um texto onde desafia "mil teólogos evangélicos" a refutá-lo, ele inicia afirmando que não é "autoridade nenhuma em matéria de Teologia" (o que logo se percebe). Aproveito para destacar alguns pontos de sua argumentação.

Todos os anos, muitas pessoas celebram o dia de "Corpus Christi". O título da solenidade vem do latim e significa “Corpo de Cristo”. É considerado pela Igreja Católica um dia de guarda, em que a participação dos fiéis à missa é obrigatória. É uma festa móvel, cuja data varia a cada ano, ocorrendo sempre 60 dias depois da Páscoa.

Os padres católicos devem poder casar e ter filhos, afirmou na sexta-feira o cardeal Keith O'Brien, o mais importante na hierarquia da Igreja Católica britânica, em entrevista à BBC.

O catolicismo Romano tem na sua grei e no clero, pessoas cultas e dignas de relacionamento que no entanto, devido suas origens, foram orientadas numa só direção.

Este “DOCUMENTÁRIO” informa e elucida abrindo espaço para reflexões e melhores cálculos de direção espiritual tanto de indivíduos como de Nação.

Um dos pontos enraizados na fé, não apenas dos sacerdotes, mas de todos os católicos em geral, é a exagerada veneração a Maria, a qual tem sido transformada pelo Romanismo em tremenda blasfêmia.

Há poucas semanas o mundo inteiro tomou conhecimento dos últimos fatos ocorridos na entranhas da assim chamada "Igreja Católico Romana", com a notícia estampada nos principais jornais do mundo sobre os escândalos dos padres pedófilos. O homossexualismo sempre se fez presente no meio do clero regular (religiosos) e no clero secular (diocesano), mas sempre foi abafado pela alta hierarquia da Igreja de Roma, também não tão "santa" assim.

A assim chamada "Igreja Católica Romana" insiste em que a "comunhão" não é apenas um sacramento que confere graça ao comungante, mas também sacrifício real a Deus, em que Cristo, como sacerdote, oferece o Seu próprio corpo e sangue.

Constantemente os católicos romanos afirmam que nós os evangélicos, rejeitamos as tradições. Não é verdade! De maneira nenhuma rejeitamos todas as tradições, muito pelo contrário, colocamo-las no seu lugar devido até onde elas concordam com as Sagradas Escrituras e se fundamentam da genuína fé cristã “que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Judas v.3).

Subcategorias

100 Respostas Bíblicas para o Catolicismo é um livro de Édino Melo (Editora Ferramenta) que traz respostas bíblicas ao catolicismo.