Este breve estudo de Ubaldo Torres Araújo visa provar que as profecias de Daniel 7 e Daniel 8 , tratam de profecias distintas.

No livro do profeta Daniel, capítulo 8, verso 9 , Lemos: “De um dos chifres saiu um CHIFRE PEQUENO, e se tornou muito forte para o sul, para o oriente e para a Terra Gloriosa”. No mesmo livro, capítulo 7, verso 8, deparamo-nos com a existência de outro “chifre pequeno”:  “Estando eu a observar os chifres, eis que entre eles subiu OUTRO PEQUENO diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que nesse CHIFRE havia olhos, como os de homens, e uma boca que falava com insolência”.

É muito fácil verificar que o CHIFRE PEQUENO do primeiro texto surgiu do império Grego (bode peludo) em 175 antes de Cristo. Para constatação deste fato basta ler os versos 7 e 8 do capítulo 8. Por outro lado, verifica-se que o CHIFRE PEQUENO de Dan. 7:8 aparece na Nova Dispensação.

Feitas estas considerações iniciais, torna-se oportuno uma pergunta como esta:
Um “chifre” que nasceu e se extinguiu antes de Cristo pode ser o mesmo que nasceria só depois de Cristo? Nem de leve pode isto passar pela cabeça de alguém. Contudo, alguns teólogos, baseados em argumentos nada sérios, chegaram à conclusão de que os dois CHIFRES PEQUENOS representam um só e o mesmo poder. Era indispensável que chegassem a este resultado. Desta maneira, ficou fácil para eles “provarem” que o CHIFRE PEQUENO de Daniel 8, não representava Antíoco IV Epifanes.

Tudo nos leva a crer que o CHIFRE PEQUENO de Daniel 7, aponta para o figura do Anticristo. Esta e a tendência natural que se nota em grande número de estudiosos das profecias. Encontram-se praticamente sós, e equivocados os ASD que sustentam que os dois chifres são símbolos do mesmo poder. Com semelhante procedimento, evidencia-se a intenção de tirar Antíoco IV Epifanes do panorama profético, cuja ação se limitou à antiga Dispensação. Feito isto, torna-se fácil, para os mesmos, conduzirem as 2.300 tardes e manhãs para o ano de 1.844.

Vamos a seguir, resumir as razões por que os dois textos apreciados não representam um mesmo poder ou uma mesma pessoa.

  1. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 8:9 nasceu e morreu dentro da Antiga Dispensação, o mesmo não acontecendo com o CHIFRE PEQUENO de Daniel 7:8, que se projeta para uma época bem distante, dentro da Nova Dispensação.
  2. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 8, exerceu sua opressão sobre os judeus, enquanto que a opressão do CHIFRE PEQUENO de Daniel 7 se orienta na direção dos cristãos.
  3. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 8 empreenderia suas conquistas para o sul, para o oriente e para a Terra Gloriosa. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 7, exercerá sua ação de maneira muito mais ampla. 
  4. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 8, surgiu do império Grego e com ele morreu, enquanto que o CHIFRE PEQUENO de Daniel 7, emergirá do Império Romano redivivo e com ele se extinguirá. 
  5. O CHIFRE PEQUENO de Daniel 8, antecedeu a vinda do Messias, O CHIFRE PEQUENO de Daniel 7 antecederá a volta de Cristo. Poderíamos mencionar outras evidências. Mas estas são mais do que suficientes para que se tenha a certeza de que um é o CHIFRE PEQUENO de Daniel 8, e outro, bem diferente, é o CHIFRE PEQUENO de Daniel 7.

Amigo leitor, para um melhor entendimento destas profecias você deve também recorrer a história universal, para comprovar que os chifres pequenos de Daniel 7 não é o mesmo de Daniel 8. Porém, se leres atentamente as escrituras, perceberás que não se refere a mesma profecia.


Esta matéria foi extraída do livro O ADVENTÍSMO de Ubaldo Torres Araújo edição 1.981 páginas 68,69.  


Caso você queira maiores informações sobre qualquer matéria não hesite em entrar em contato comigo!

Graça Maior - Ubaldo Torres Araújo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/ibsd-x-adventistas-do-setimo-dia/146-os-dois-chifres-pequenos.html. Acesso em 27 Junho 2017.