Renold J. Blank argumenta que a teoria da reencarnação desvaloriza o homem como um ser corporal.

“Em toda a tradição bíblica, o fim da obra criadora de Deus é sempre a corporeidade. Deus nunca age com vibrações, fluxos energéticos ou corpos astrais. Ele age sempre com homens concretos dentro de uma história visível e concreta. Em toda a história da revelação bíblica, Deus nunca age com almas espirituais, mas sempre com pessoas corporais, visíveis e palpáveis. E no seu agir, Ele não falava de níveis energéticos e vibrações espirituais, mas de coisas seculares como: Fome, cegueira, hanseníase, banquetes, ovelhas perdidas e prostitutas. Jesus agiu dentro de uma história concreta que envolve corpos concretos. O espiritismo conserva o conceito negativo do corpo com argumentos baseados em suposições. Jamais se provou cientificamente a teoria das descargas energéticas, dos fluxos magnéticos, de núcleos vibratórios de chacras e pólos magnéticos.”

Renold J. Blank

A Bíblia responde que ressurreição. Leia Jó 14:14 Eclesiastes 3:21 Isaías 25:8 Daniel 12:2 Marcos 12:26 Lucas 14:14 Lucas 20:37 João 5:21 João 5:29 João 6:45 João 6:54 João 11:23 Atos dos Apóstolos 23:6 Atos dos Apóstolos 24:21 Atos dos Apóstolos 26:8 Romanos 4:17 1 Coríntios 6:14 1 Coríntios 15:42 1 Coríntios 15:52 2 Coríntios 1:9 Filipenses 3:11Hebreus 6:2 Hebreus 11:35 Apocalipse 20:13

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/espiritismo/128-respostas-biblicas/reencarnacao-e-a-biblia/1027-a-negacao-da-ressurreicao.html. Acesso em 21 Julho 2017.