Respostas sobre a reencarnação e a Bíblia

Hebreus 9:27 diz: "...aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo". Há vários erros, escandalosos, na teoria da reencamação. 

Renold J. Blank argumenta que a teoria da reencarnação desvaloriza o homem como um ser corporal.

“Em toda a tradição bíblica, o fim da obra criadora de Deus é sempre a corporeidade. Deus nunca age com vibrações, fluxos energéticos ou corpos astrais. Ele age sempre com homens concretos dentro de uma história visível e concreta. Em toda a história da revelação bíblica, Deus nunca age com almas espirituais, mas sempre com pessoas corporais, visíveis e palpáveis. E no seu agir, Ele não falava de níveis energéticos e vibrações espirituais, mas de coisas seculares como: Fome, cegueira, hanseníase, banquetes, ovelhas perdidas e prostitutas. Jesus agiu dentro de uma história concreta que envolve corpos concretos. O espiritismo conserva o conceito negativo do corpo com argumentos baseados em suposições. Jamais se provou cientificamente a teoria das descargas energéticas, dos fluxos magnéticos, de núcleos vibratórios de chacras e pólos magnéticos.”

Renold J. Blank

A Bíblia responde que há ressurreição. Leia Jó 14:14 Eclesiastes 3:21 Isaías 25:8 Daniel 12:2 Marcos 12:26 Lucas 14:14 Lucas 20:37 João 5:21 João 5:29 João 6:45 João 6:54 João 11:23 Atos dos Apóstolos 23:6 Atos dos Apóstolos 24:21 Atos dos Apóstolos 26:8 Romanos 4:17 1 Coríntios 6:14 1 Coríntios 15:42 1 Coríntios 15:52 2 Coríntios 1:9 Filipenses 3:11Hebreus 6:2 Hebreus 11:35 Apocalipse 20:13

A crença na reencarnação é inconsistente e autodestrutiva. Ela é, no mínimo, inconcebível. Pense: Na morte, o corpo que é a parte material do ser humano, é destruído, enquanto a parte espiritual se reencarna em outro corpo na próxima vida. Sendo assim, em que parte se conserva a cultura aprendida na vida passada? No espírito, dizem. Ele é imortal. Então, por que a pessoa não nasce falando e interagindo com o mundo a partir do que ela aprendeu na vida anterior? Não é o mesmo espírito que reencarna, ou ele nasce com amnésia?

A Bíblia responde que o ser humano é um ser único que passa a existir ainda no ventre. Davi diz:

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.

Salmos 139:13-16

A doutrina da reencarnação faz do sério escândalo da morte humana acontecimento inócuo. A morte não é a partida para algo incerto. Para que se construiu, então, essa personalidade, se ela agora desaparece? A Bíblia responde em João 14:1-6:

NÃO se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

João 14:1-6

Como se explica o crescimento explosivo da população mundial? No mundo atual, não parece convincente o resultado da progressiva evolução dos seres humanos em processo de purificação do carma. Segundo o espiritismo, a evolução do indivíduo é uma evolução ramo a um humanismo melhor, a uma caridade maior. Então, a evolução do sistema social entrelaçado também deveria apresentar essa mesma direção. Entretanto, quando olhamos para o mundo, onde é que podemos constatar uma evolução assim?

Veia o que a Bíblia responde em 2 Pedro 3:5-13, 1 João 5:19; 2 Timóteo 3:1-4

Conforme o Instituto Cristão de Pesquisa (ICP), Léon Denis, o segundo na hierarquia espírita depois de Allan Kardec, declarou blasfemamente:

não, a missão de Cristo não era resgatar com o seu sangue os crimes da humanidade. O sangue, mesmo de um Deus, não seria capaz de resgatar ninguém. Cada qual deve resgatar-se a si mesmo.

Léon Denis (“Cristianismo e Espiritismo”, p. 86)

A Bíblia responde que Paulo afirma em 1 Coríntios 15:3-4 que a missão de Jesus Cristo a este mundo foi a de salvar e por isso morreu por nós pecadores, tomando assim desnecessária a reencarnação.

Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

1 Coríntios 15:3-4

Deus, a suprema perfeição, não poderia criar nunca espíritos imperfeitos e submetê-los ao sofrimento. Onde ficaria o livre arbítrio? Como alguém pode reencarnar diversas vezes e aprender tudo de novo? Por que os espíritos não comunicam novos conhecimentos? Veja o que a Bíblia responde em Tiago 1:17:

Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

Tiago 1:17

A crença na reencarnação produz uma atitude cômoda diante das maldades: posso fazer porque vou pagar na próxima encarnação!

A Bíblia responde que esta vida precede o julgamento:

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,

Hebreus 9:27

Se o sofrimento nesta vida sempre resulta do mal feito numa vida anterior, teria de haver uma regressão infinita de vidas anteriores. Mas uma regressão infinita do tempo não é possível, já que se houvesse o número infinito antes de hoje, o hoje jamais chegaria. Mas o hoje chegou, logo não houve um número infinito de vidas anteriores como a reencarnação tradicional parece pressupor.

A Bíblia responde que o pecado está ligado ao mal:

Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.

Romanos 5:12

Os espíritas afirmam que uma vida não é suficiente para que a pessoa tenha tempo hábil para alcançar a salvação. Por isso, é necessário que ela passe por várias reencarnações. Na verdade, afirma Ronald Scott Bruno, “a teoria reencarnacionista sustenta o aperfeiçoamento dos homens através de sua auto-expiação de culpas presentes e passadas. Assim, através de sucessivas reencarnações, a pessoa, ou melhor, o espírito dessa pessoa acabaria atingindo um estado de perfeição, libertando-se das culpas e imperfeições que pesam sobre a sua vida”. Uma pessoa que vive cerca de 60 anos, porém, terá desfrutado de, aproximadamente: 720 meses; 21.900 dias; 525.600 horas; 31.536.000 segundos!

Se isto não for tempo suficiente para se arrepender dos pecados e buscar reconciliação com Deus, nem mesmo um milhão de vidas será o suficiente!

A Bíblia responde:

Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da salvação; Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação.

2 Coríntios 6:2