Contrário ao que o espiritismo ensina a Bíblia não foi mutilada. Ela passa no Teste de Evidência Externa (documentos e arqueologia) que prova se existem  fontes fora do documento bíblico que apoiam a sua autenticidade. No caso do Novo Testamento temos o testemunho do historiador judeu Flávio Josefo (37-100  d.C.), Plínio, o velho (111), de Tácito (115), Irineu (180), Eusébio e o Talmude, entre outros. O arqueólogo William F. Albright confirma que o Novo Testamento é datado antes de 80 a.C. Ele assegura que a exatidão das descobertas arque-  ológicas corroboram a autoridade dos escritos bíblicos.

A Bíblia responde:

“Examinais as Escrituras, porque vós julgais ter nelas a vida eterna... ”

Joâo 5:39

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/espiritismo/127-respostas-biblicas/escritos-espiritas-e-a-biblia/998-a-autenticidade-da-biblia.html. Acesso em 22 Julho 2017.