Muitos espíritas afirmam que Jesus tenha vivido entre os essênios, na comunidade de Qunrã. Natanael Rinaldi apresenta diversos fatos que provam que Jesus não foi um essênio:

  1. Primeiro fato: Os essênios abraçaram um legalismo radical como modo de vida. Josefo declara que eles guardavam o sábado, até o ponto de não acender fogo nesse dia. Jesus se mostrou tolerante quanto à guarda do Sábado (Mateus 12:1-10). Ler Sábado: Santo Dia de Deus, Perguntas Frequentes Sobre o Sábado Sagrado, Sábado! Criação de Deus Para o Nosso Benefício;
  2. Segundo fato: Os essênios tinha uma vida ascética. Jesus vivia com o povo e não tinha problemas com comida (Mateus 11:19). Ler também: Alimentos Segundo a Bíblia, Alimentos Impuros
  3. Terceiro fato: Os essênios primavam pela limpeza exterior, Jesus se preocupava com a pureza interior (Marcos 7:5 Marcos 7:14-15)
  4. Quarto fato: Os essênios não criam na ressurreição. Jesus não só ensinou a ressurreição como Ele mesmo ressuscitou (João 2:19-20).
  5. Quinto fato: Os essênios olhavam para os doentes como impuros e guardavam distância deles, mas Jesus curou a todos os que vieram a ele (Mateus 21:14; Lucas 14:13-21).
  6. Sexto fato: Os essênios discriminavam à mulher, Jesus não (Lucas 13:20-21; João 4:1-30).

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/estudos/espiritismo/127-respostas-biblicas/escritos-espiritas-e-a-biblia/1006-jesus-e-os-essenios.html. Acesso em 22 Julho 2017.