Espiritismo

Os espíritas dizem que João, o Batista, foi a reencarnação de Elias, baseado em Mateus 11:10-14. Esta passagem está relacionada à profecia de Malaquias 4:5 e o seu cumprimento. A reencarnação é inaceitável neste caso, porque os próprios judeus não criam nela e sim na ressurreição.

A Bíblia responde que João, o Batista, disse que não era Elias (João 1:21). Quando Jesus mencionou João como o Elias que havia de vir, queria dizer que o ministério profético de João era semelhante ao de Elias em caráter e em poder. A revelação a Zacarias deixa isso bem claro (Lucas 1:17).

Para os espíritas o caso de 1 Samuel 28 quando Saul tenta se comunicar com Samuel, já morto, é uma evidência da prática da mediunidade. Dizem que quem de fato apareceu foi Samuel. Todavia, numa simples análise, a Bíblia responde exata- mente o contrário. Por que não era Samuel?

  1. Em 1 Samuel 15:23 o profeta rejeita a prática de mediunidade, condenando-a. Leia Levíticos 20:6-27. A ordem dada em Israel era para que se extirpassem os médiuns e adivinhos.
  2. Como Saul morreu dias após a consulta à pitonisa, não foi ele quem repassou a história. O fato foi contado pelos seus servos (1 Samuel 28:7-8), que eram estrangeiros (1 Samuel 21:7). Foram eles mesmos que levaram Saul à médium (1 Samuel 28:7) indicando que a história sofreu influência de suas crendices.
  3. 1 Samuel 28:11-14 revela que a manifestação foi subjetiva. Não foi Saul, mas a própria mulher que entrou em transe e disse ter visto um homem subindo. Pela descrição, Saul sem ver, concluiu que fosse Samuel.
  4. Seria de Deus tal manifestação? Não! 1 Crônicas 10:13-14 mostra que Saul morreu por causa da transgressão que cometeu ao consultar uma necromante. Como poderia ter morrido em juízo por algo que Deus mesmo teria aprovado? Na verdade, essa manifestação foi diabólica. O senhor o rejeitou como rei porque consultara a médium. Leia Levíticos 20:6 e Levíticos 20:27 e veja o que Deus pensa dos médiuns e de quem os consulta.
  5. Esse Samuel teria falado a verdade? Não. Ele não era o profeta Samuel! Samuel era um homem de Deus e jamais mentiria. Satanás, porém, é o pai da mentira (João 8:44). E, na verdade, o que ocorre em 1 Samuel 28:19 é que um espírito enganador, da parte de Satanás, se passa por Samuel. Ele afirma que Saul seria entregue nas mãos dos filisteus. Contudo, essa predição por ser mentirosa, não aconteceu. 1 Samuel 31:4 mostra que Saul tentou o suicídio. Finalmente, quem o matou foi um amalequita e não filisteu (2 Samuel 1:1-16) sendo cremado depois pelos homens de Jabes-Gileade. Eles também não eram filisteus.
  6. Além desse erros, ele também predisse que todos os filhos de Saul morreriam. 1 Samuel 31:8 e 2 Crônicas 10:2-6 mostram sua mentira ao mencionar que somente Jônatas morreu. 2 Samuel 21:8 fala que Armoni e Mefibosete escaparam e Isbosete reinou por dois anos (2 Samuel 2:10).
  7. Para terminar, observe que ele prediz que Saul morreria no dia seguinte. Isso também não ocorreu (1 Samuel 30:1-8).

A Bíblia responde que o suposto Samuel subiu da terra (1 Samuel 28:11-13). Ora, de onde vem quem vem do céu, já que estamos falando de um homem de Deus? Em hipótese alguma poderia ser de baixo! Esse fato só comprova portanto, que, na verdade, se trata de um espírito maligno, pois quem emerge do abismo, de acordo com Apocalipse 9:2-11, são demônios e não gente de Deus.

Veja o que a Bíblia responde em 1 Coríntios 15 e também em:

Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

1 Tessalonicenses 4:13-18

E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.

Apocalipse 20:13

 

A Bíblia responde que será um novo corpo:

Sabendo que, tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre ele. Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.

Romanos 6:9-10

Assim será com a ressurreição dos mortos. O corpo que é semeado é perecível e ressuscita imperecível; é semeado em desonra e ressuscita em glória; é semeado em fraqueza e ressuscita em poder; é semeado um corpo natural e ressuscita um corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual.

1 Coríntios 15:42-44 (NVI)

Leia 1 Coríntios 15 inteiro.

Se Allan Kardec diz que o espiritismo “nada ensina contrário ao que ensinou o Cristo” (O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. VI, item 2), e nega ressurreição, presente no Antigo e no Novo Testamento, ele não passa de um impostor, um embusteiro. Veja o que a Bíblia responde em João 5:25 João 6:40 João 11:1-44; João 20:1-31; 1 Coríntios 15

A ressurreição de Jesus

A Bíblia responde que Jesus ressuscitou. Os quatro Evangelhos e Paulo testemunham isto (Mateus 28:1-10; Marcos 16:1-8; Lucas 24:1.12; João 20:1-10; 1 Coríntios 154, 1 Coríntios 15:20-23). Estariam todos errados e Allan Kardec certo?

O corpo ressuscitado de Jesus

A Bíblia responde que Jesus apresentou-se aos discípulos após a ressurreição e disse:

Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho. E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

Lucas 24:39-40

A Bíblia responde que o inferno e o Céu são uma realidade inexorável (Apocalipse 7:9-17). Se Jesus é o autor deste ensino, é melhor não arriscar como fez o Rico. Senão, você terá uma surpresa.

A Bíblia responde que há o abismo que impede a reencarnação! 

E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.

Lucas 16:26

Não existia nenhuma possibilidade de alívio para o rico que se encontrou na agonia da chama. Um grande abismo o separou de Lázaro, que estava no seio de Abraão. Nenhuma água viria para amenizar o sofrimento do rico e resfriar a língua dele. A finalidade desta conclusão é horrível demais para compreender e, por isso, evitamos pensar nesta possibilidade para nós ou até para outras pessoas. O abismo foi posto e os destinos destes dois homens, decididos. Um teria conforto eterno, e o outro, inferno.

A Bíblia responde que o Céu é um lugar onde todos os salvos morarão com Deus.

Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.

João 14:2

PORQUE sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. E por isso também gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação, que é do céu;

2 Coríntios 5:1-2

Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.

Filipenses 1:23

Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

Filipenses 3:20

Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. E se, na verdade, se lembrassem daquela de onde haviam saído, teriam oportunidade de tornar. Mas agora desejam uma melhor, isto é, a celestial. Por isso também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade.

Hebreus 11:14-16

A Bíblia responde que há somente dois lugares depois da morte:

E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

Daniel 12:2