Estudos Diversos

A Fé de Tolkien e Seus Escritos

 

John Ronald Reuel Tolkien
John Ronald Reuel Tolkien

A primeira parte da épica trilogia “O Senhor dos Anéis” foi publicada pela primeira vez em 1954. Desde então, o mundo da Terra-Média fascinou os leitores e transformou vidas. Hoje, desejo me aprofundar nessa história incrível e compartilhar com você como a fé duradoura de Tolkien é expressa em seus romances. John Ronald Reuel Tolkien era um católico romano devoto e acreditava firmemente nas verdades do Cristianismo. Agora, antes de começar, quero afirmar que “O Senhor dos Anéis” pode ser apreciado sem uma leitura através de “óculos cristãos”, e que não aceito a idéia de que “O Senhor dos Anéis” seja uma alegoria cristã.

Se você fizesse uma pequena lista dos parágrafos mais estranhos da Bíblia, Êxodo 4:24-26 certamente estaria nela. Moisés acabou de encontrar Deus na sarça ardente e recebeu uma comissão exaltada: vá e fale com Faraó e sirva como agente de Deus para a redenção de Seu povo. Ele foi chamado e equipado com poderes milagrosos, e agora começa a sair em cumprimento de sua missão.

Não estamos preparados para o que vem a seguir:

Uma pesquisa recente da Newman University, em Birmingham, é muito reveladora. [1] 1 em cada 5 ateus do Reino Unido e 1 em cada 3 canadenses ateus são simpáticos ou até concordam fortemente com a afirmação: “Processos evolutivos não podem explicar a existência da consciência humana”. Eles não estão sozinhos. Em seu livro Mind and cosmos, o filósofo professor Thomas Nagel argumenta que o processo darwiniano não produziria a consciência. [2] (Sendo ateu, no entanto, ele ainda se apega à crença de que algum processo natural ainda não descoberto deu origem a ela!)

Uma ideia predominante nos círculos céticos é que o Deus do Antigo Testamento é cruel e tolera práticas que são imorais. Cada exemplo que os céticos forneceram para provar essa tese, no entanto, mostrou-se falso. O Deus do Antigo Testamento é o mesmo Deus de amor que observamos na vida e personalidade de Jesus Cristo. Uma passagem que é incorretamente usada para impugnar o caráter de Deus é Deuteronômio 22:28-29. Moisés escreveu:

Quando um homem achar uma moça virgem, que não for desposada, e pegar nela, e se deitar com ela, e forem apanhados, então o homem que se deitou com ela dará ao pai da moça cinquenta siclos de prata; e porquanto a humilhou, lhe será por mulher; não a poderá despedir em todos os seus dias

Deuteronômio 22:28-29

Em 28 de setembro de 1976, o seguinte telegrama foi recebido na sede da Organização Mundial da Saúde em Genebra:

UMA SÉRIA EPIDEMIA DE NATUREZA AINDA DESCONHECIDA ESTÁ ACONTECENDO NA REGIÃO DE DUAS DAS NOSSAS PLANTAÇÕES NA REGIÃO DE BUMBA, NA COLUMBIA DE YAMBUKU. PENSAMOS QUE É POSSÍVEL TIFÓIDE FULMINANTE OU FEBRE AMARELA. AMOSTRAS FORAM ENVIADAS AO ITM [Instituto de Medicina Tropical] EM ANTUÉRPIA PARA SEREM ANALISADAS. NÓS ESTAMOS INTERESSADOS EM CONHECER O DIAGNÓSTICO POR TELEX O MAIS RAPIDAMENTE POSSÍVEL. DESTA MANEIRA, PODEREMOS ORGANIZAR UMA CAMPANHA DE VACINAÇÃO PARA NOSSOS FUNCIONÁRIOS.
ASSINADO /
DR. BUSQUET, KINSHASA [1]

Esta foi a primeira informação a sair do Zaire (hoje República do Congo) sobre a epidemia viral do Ebola, que matou centenas de africanos infectados que viviam dentro e nos arredores do hospital Yambuku, perto das cabeceiras do rio Ébola. [2]

Profeta Daniel

PERGUNTA

No último capítulo do livro do profeta Daniel, encontramos a seguinte profecia:

A partir do momento em que for abolido o sacrifício diário e for colocado o sacrilégio terrível, haverá mil e duzentos e noventa dias. Feliz aquele que esperar e alcançar o fim dos mil trezentos e trinta e cinco dias.

Daniel 12:11-12

Qual é o significado desses prazos de tempo proféticos?

Os Cristãos Podem Praticar Ioga?

Muitos acreditam que o Ioga trata-se apenas de uma série de exercícios físicos, de postura e/ou respiratórios, a fim de se alcançar um estado de saúde, paz mental, flexibilidade corporal e melhor disposição física. Porém, trata-se apenas disso? Poderia o Ioga ser praticado por um cristão? Veremos nesse estudo razões pelas quais a resposta é “não” para ambas as perguntas.

The Red Tent” (A Tenda Vermelha) não é uma programação que você deveria passar para o seu grupo de estudos bíblicos. E não apenas por causa de cenas sexualmente sugestivas, mas porque a série literalmente reescreve a narrativa bíblica sobre Diná.

Algumas denominações religiosas proíbem seus membros de utilizarem adornos como brincos, colares ou pulseiras. Acreditam que os princípios de modéstia e bom senso ensinados pela Bíblia, se não expressamente, pelo menos de forma indireta desaconselham o seu uso. Mas o que as Escrituras realmente têm a dizer sobre esse tópico?