Uma alegação feita pelos críticos da Bíblia é a diferença que existe entre Marcos e João ao relatarem a hora da crucificação (McKinsey, 2000, pp. 295-296; Wells, 2013). Marcos registra que o Senhor foi crucificado na terceira hora (15:25), enquanto João registra que Jesus foi julgado diante de Pilatos na sexta hora (19:14) - o que parece acontecer depois que Marcos diz que Jesus foi crucificado. A harmonização dessa diferença superficial é bastante simples e reforça ainda mais a sofisticação da inspiração bíblica.

Vivendo no século XXI, deixamos de lembrar ou reconhecer que o tempo nem sempre foi contado do jeito que é hoje em todo o mundo. Somos capazes de calcular rapidamente o tempo em qualquer lugar do mundo. Por exemplo, se são 9:00 da manhã em Montgomery, Alabama, são 10:00 da manhã em Nova York, 15:00 em Londres e meia-noite em Sydney, na Austrália. Não era assim na antiguidade. Os antigos usavam uma variedade de sistemas pelos quais eles contavam o tempo.

Um estudo cuidadoso do texto bíblico revela o fato de que João (que escreveu perto do final do primeiro século, vários anos depois dos escritores sinóticos, afastou-se da Palestina e se dirigiu a uma eclética audiência helenística) baseou seus cálculos no tempo civil romano. Mateus, Marcos e Lucas, por outro lado, computaram suas alusões a dias e horas de acordo com o tempo judaico (cf. Smith, 1869, 2:1102; Robertson, 1922, p. 285; Lockhart, 1901, p. 28; Geisler e Howe, 1992, p. 376; Brewer, 1941, pp. 330-331; McGarvey, 1892, 2:181-182).

À luz desses fatos, leia o contexto da alusão de João à “sexta hora”:

Ouvindo Pilatos estas palavras, trouxe Jesus para fora e sentou-se no tribunal, no lugar chamado Pavimento, no hebraico Gabatá. E era a parasceve pascal, cerca da hora sexta; e disse aos judeus: Eis aqui o vosso rei. Eles, porém, clamavam: Fora! Fora! Crucifica-o! Disse-lhes Pilatos: Hei de crucificar o vosso rei? Responderam os principais sacerdotes: Não temos rei, senão César! Então, Pilatos o entregou para ser crucificado.

João 19:13-16

Ouvindo Pilatos estas palavras, trouxe Jesus para fora e sentou-se no tribunal, no lugar chamado Pavimento, no hebraico Gabatá. E era a parasceve pascal, cerca da hora sexta; e disse aos judeus: Eis aqui o vosso rei. Eles, porém, clamavam: Fora! Fora! Crucifica-o! Disse-lhes Pilatos: Hei de crucificar o vosso rei? Responderam os principais sacerdotes: Não temos rei, senão César! Então, Pilatos o entregou para ser crucificado.João na verdade não se refere à hora da crucificação, mas apenas aos procedimentos que levaram à crucificação, especificamente, o cronograma geral quando Pilatos entregou Jesus aos guardas romanos para iniciar os procedimentos de execução. Nesse ponto, ainda havia a jornada tortuosa e demorada até o local da execução. Estes eventos começaram a ocorrer “cerca de” 6 horas da manhã.


O relato de Marcos é o seguinte:

Artigos Relacionados

Jesus e o Yom Kippur Jesus e o Yom Kippur
Milhões de judeus em todo o mundo celebram anualmente o "Yom Kippur" (o "Dia da Expiação"). Essa...
Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor” Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor”
Há muitos detalhes interessantes que chamam a atenção quando uma leitura comparativa entre os quatro...
Jesus: O Centro das Promessas do Antigo Testamento Jesus: O Centro das Promessas do Antigo Testamento
Jesus Cristo é o cumprimento das promessas e profecias do Antigo Testamento...
Jesus é uma cópia de divindades pagãs? Respondendo “Zeitgeist” Jesus é uma cópia de divindades pagãs? Respondendo “Zeitgeist”
Em 2007, o documentário “Zeitgeist: O Filme” popularizou a ideia, desenvolvida por estudiosos...

E obrigaram a Simão Cireneu, que passava, vindo do campo, pai de Alexandre e de Rufo, a carregar-lhe a cruz. E levaram Jesus para o Gólgota, que quer dizer Lugar da Caveira. Deram-lhe a beber vinho com mirra; ele, porém, não tomou. Então, o crucificaram e repartiram entre si as vestes dele, lançando-lhes sorte, para ver o que levaria cada um. Era a hora terceira quando o crucificaram.

Marcos 15:21-25

Usando o cálculo judaico, a “terceira hora” de Marcos é 9 horas da manhã - três horas depois da “sexta hora” de João (ver também Miller, 2007). Um amplo tempo é fornecido para os eventos que levaram à crucificação real, a sequência apropriada é preservada e a historicidade original da Bíblia é justificada.

É verdadeiramente trágico que os céticos estejam tão empenhados em descobrir discrepâncias no escrito inspirado que manifestam um preconceito tão extremo. Um indivíduo honesto e imparcial terá tempo para examinar os detalhes das Escrituras e estender uma audiência justa a seu registro - a mesma justiça que o cético deseja para si mesmo. Apesar do contínuo ataque daqueles que vêem a Bíblia com desdém - um ataque que dura dois milênios - a Bíblia permanece incólume na afirmação de sua origem divina.

 

REFERÊNCIAS

Brewer, G.C. (1941), Contending For the Faith (Nashville, TN: Gospel Advocate).

Geisler, Norman and Thomas Howe (1992), When Critics Ask (Wheaton: IL: Victor).

Lockhart, Clinton (1901), Principles of Interpretation (Delight, AR: Gospel Light), revised edition.

McGarvey, J.W. (1892), New Commentary on Acts of Apostles (Cincinnati, OH: Standard).

McKinsey, C. Dennis (2000), Biblical Errancy (Amherst, NY: Prometheus).

Miller, Dave (2007), "Sunday and the Lord's Supper," Apologetics Press, http://www.apologeticspress.org/APContent.aspx?category=11&article=1254&topic=288.

Robertson, A.T. (1922), A Harmony of the Gospels (New York: Harper & Row).

Smith, William (1869), Dictionary of the Bible, ed. H.B. Hackett (New York: Hurd & Houghton).

Wells, Steve (2013), The Skeptic’s Annotated Bible, http://www.skepticsannotatedbible.com/contra/hour.html.

Traduzido a partir de "At What Hour was Jesus Crucified?" <http://apologeticspress.org/APPubPage.aspx?pub=1&issue=1139&section=0&article=2212&cat=164>.

 

Artigos Relacionados

Cada Livro da Bíblia em Uma Palavra Cada Livro da Bíblia em Uma Palavra
Deus Se revela através de Sua Palavra. Quando Ele fala, Ele nos ensina como Ele é, como Ele age e...
A Origem do Papado A Origem do Papado
O Catecismo da Igreja Católica declara: “O Pontífice Romano, em razão de seu cargo de Vigário de...
Mateus 24:20 e a Observância do Sábado Mateus 24:20 e a Observância do Sábado
Em Mateus 24, Jesus está respondendo perguntas dos apóstolos, a respeito de Sua segunda vinda e da...
Jesus, o Desejado de Todas as Nações Jesus, o Desejado de Todas as Nações
 ...e farei tremer todas as nações, e virá o Desejado de todas as nações, e encherei esta casa de...