38 E eis que um homem da multidão clamou, dizendo: Mestre, peço-te que olhes para meu filho, porque é o único que eu tenho. 39 Eis que um espírito o toma e de repente clama, e o despedaça até espumar; e só o larga depois de o ter quebrantado. 40 E roguei aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam. 41 E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! até quando estarei ainda convosco e vos sofrerei? Traze-me aqui o teu filho. 42 E, quando vinha chegando, o demônio o derrubou e convulsionou; porém, Jesus repreendeu o espírito imundo, e curou o menino, e o entregou a seu pai.    

Jesus veio para destruir as obras do diabo, libertar os cativos, curar os enfermos, e tudo isso se estende a nós nos dias de hoje. Nossa missão é levar a mensagem da cruz e permitir que Deus nos use para curar, libertar e destruir as obras de satanás. Os discípulos não puderam expulsar o espírito maligno que estava nesse menino, o que será que aconteceu para eles não conseguirem? Na passagem de Mateus 17:21 está a resposta do porquê eles não conseguiram. Os cristãos de hoje têm que estar em consagração, precisam jejuar mais, para que o que aconteceu com os discípulos não aconteça conosco. Quase não se vê mais os líderes convocarem a igreja para um tempo de jejum, e este é um alimento muito valioso para a vida de um cristão. A fé é importante, orar com fé remove montanhas e uma vida em consagração é uma vida revestida de poder. Assim, ao orarmos por pessoas que estejam possessas, o demônio terá que sair.

Graça Maior - Ellen Kelvin Correia, . Disponível em: https://gracamaior.com.br/devocional/1253-poder-sobre-a-natureza-e-os-espiritos-malignos-sexta-feira.html. Acesso em 25 Junho 2019.
Envie suas perguntas