Avalie os sinais bíblicos da obra do Espírito, baseado em 1 João 4:1-3, conforme o avivalista do século XVIII, Jonathan Edwards.

  1. É verdadeira quando engrandece a estima da pessoa por Jesus
    (1 João 4:2-3) Para Billy Graham “se um homem tem a plenitude do Espírito, Cristo tem o primeiro lugar em sua vida:” Não obstante, vemos Maria ocupando o lugar do Senhor: Como o Espírito estaria nisso, se o idólatra está longe de Deus? (Ezequiel 14:5) Acaso, Ele endossaria algo que poderia levar-nos ao inferno? (João 16:13-14; João 14:26)
  2. É verdadeira se agir contra os interesses do reino de Satanás
    (1 João 4:4-5) Pense nos ídolos mantidos nas igrejas católicas, apesar de sua relação com os demônios (1 Coríntios 10:19-20; Apocalipse 19:20) e nas festas aos padroeiros (ex: São João), que invocam santos, mortos! Quem ouve estas invocações? Leia a resposta em Os 4:12; Isaías 8:19-20: Será que o Espírito teria algo a ver com a invocação de mortos?
  3. É verdadeira quando centraliza-se nas Sagradas Escrituras
    (1 João 4:6) Pense nos que morrem presos às superstições (uso de fitinhas do santo, terço bizantino - Ezequiel 13:18-23) e nas tradições (Mateus 15:6) por não conhecerem claramente a Bíblia: Qual será o parecer do Espírito Santo diante deste lamento? Seria Ele cúmplice? Jamais!

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: http://gracamaior.com.br/estudos/ibsd-x-catolica/124-respostas-biblicas-para-o-catolicismo/catolicos-carismaticos/702-verdadeira-obra-do-espirito-santo.html. Acesso em 25 Maio 2017.