Há lógica em ser guardado por anjos, já que são seres espirituais, poderosos, enviados de Deus a favor dos seus filhos (Salmos 34:7; Salmos 91:11). Mas, que condições teriam o padroeiro de proteger-nos, se em vida ele também precisou ser protegido? Se as rezas a santos fossem lógicas, veríamos as pessoas recorrendo a São Moisés, São Elias, Santo Abraão e São Davi, diretos da Bíblia. Mas, invocam inclusive santos que nunca existiram. O que dizer de São Jorge, ser mitológico, a quem rezam, acendem velas e fazem oferendas, sendo ele apenas uma lenda?! Aliás, você já viu algum dragão voando por aí? Dragão não existe!

A Bíblia responde:

  1. Sobre o que Deus pensa das estátuas dos santos e padroeiros:
    Êx 34:17; Levíticos 26:1; Deuteronômio 7:25; Deuteronômio 11:16; Deuteronômio 16:22; Salmos 81:9; Isaías 42:8; 1 João 5:21
  2. Sobre o que fazer com eles:
    Deuteronômio 7:5 Deuteronômio 7:25; Deuteronômio 12:3; Juízes 6:25; 1 Crônicas 14:12; Isaías 2I8; Isaías 30:22; Jeremias 43:13

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: http://gracamaior.com.br/estudos/ibsd-x-catolica/119-respostas-biblicas-para-o-catolicismo/santos-e-padroeiros/640-poder-dos-santos-e-padroeiros.html. Acesso em 29 Maio 2017.