Conforme o Manual Bíblico Vida Nova (Editora Vida Nova), "a palavra Bíblia vem do grego βιβλία, que significa livros ou rolos (2 Timóteo 4:13).

A Bíblia responde mostrando que a palavra escritura deriva do latim scriptura, que significa escrito (2 Timóteo 3:15). Ela foi escrita num período que abrange mais de mil anos e mesmo assim revela unidade na apresentação de uma mensagem sobre Deus. Por outro lado, a Bíblia é tanto histórica quanto contemporânea, pois embora sendo arraigada nas culturas, línguas e tradições da antiguidade, também é poderosa para tocar vidas dos leitores atuais. Apresenta uma mensagem simples e ao mesmo tempo complexa, fazendo dela o livro mais estudado do mundo. As descobertas dos originais somam como prova da sua confiabilidade.

A prova irrefutável (Isaías 59:21; Marcos 13:31; Lucas 16:17)

W. Paroschi informa que em 1972, o professor O'Callaham fez uma descoberta notável ao trabalhar no fragmento 7Q5 achado em Qumram, próximo ao Mar Morto. Tratava-se de Marcos 6:52-53. depois de uma década de silêncio, após análise minuciosa, o documento foi datado no ano 50. Consiste no mais antigo fragmento conservado do Novo Testamento. Provou-se, assim, que os Evangelhos são testemunhos diretos de homens que haviam visto, ouvido e tocado tudo aquilo que relataram: a verdade dos fatos (João 19:35; João 20:31; Atos dos Apóstolos 2:22)

Graça Maior - Édino Melo, . Disponível em: http://gracamaior.com.br/estudos/espiritismo/127-respostas-biblicas/escritos-espiritas-e-a-biblia/996-a-confiabilidade-dos-originais-da-biblia.html. Acesso em 26 Maio 2017.