O dom espiritual de curas é uma habilidade divina conferida ao homem, que permite a este fazer curas milagrosas, perfeitas, gradativas ou repentinas, Atos dos Apóstolos 3:6-10. O dom natural de curas, através da medicina, é uma habilidade adquirida por meios de estudos científico-biológicos, II Crônicas 16:12; Colossenses 4:14

O dom espiritual de línguas é uma habilidade conferida ao crente, de modo que ele possa falar um idioma estrangeiro, sem antes havê-lo aprendido pelo estudo ou pela convivência com estrangeiros, Atos dos Apóstolos 2:4-11; 10:45-47. Visto que no texto original grego não existe a expressão “línguas estranhas”, mas, sim, “outras línguas”, e considerando que o contexto refere-se a línguas estrangeiras, creio que esse dom tem somente este último sentido. 1 Coríntios 14:10-11,18. Em consequência, e em obediência aos claros preceitos bíblicos, se alguém falar em idioma estrangeiro na igreja, deve ser acompanhado de um intérprete, I Cor. 14:27,28. Reconhecemos que sempre que Deus dá um dom espiritual Ele visa um fim proveitoso, para a edificação dos crentes e da sua igreja. O dom natural do poliglota é a faculdade de falar vários idiomas estrangeiros após sua aprendizagem, como aconteceu com o apóstolo Paulo. 1 Coríntios 14:18; Atos dos Apóstolos 21:37; 22:2; João 19:20; 1 Coríntios 14:19 27, 28.

Graça Maior - CBSDB, . Disponível em: http://gracamaior.com.br/estudos/batistas-do-setimo-dia/doutrinas/151-dom-de-curas-e-o-dom-de-linguas.html. Acesso em 26 Março 2017.